A Prefeitura de Saquarema, por meio das secretarias municipais de Desenvolvimento Social e Educação e Cultura, distribuirá cestas básicas às famílias dos alunos da Rede Municipal de Educação e outras pessoas em situação de vulnerabilidade social. A ajuda será nos próximos três meses (abril, maio e junho).

Ao todo, quase 36 mil cestas básicas serão adquiridas pelo município, beneficiando 12 mil famílias saquaremenses. Em cada uma das cestas, além dos alimentos, haverá produtos de higiene pessoal e produtos de limpeza doméstica.

Com a pandemia do Coronavírus e a orientação das autoridades sanitárias e de saúde de evitar a aglomeração, muitas cidades (incluindo Saquarema) determinaram o fechamento de comércios e demais setores da economia brasileira. A ajuda da cesta básica, ofertada pela Prefeitura de Saquarema, visa minimizar os impactos nas camadas mais vulneráveis da sociedade.

“Sabemos que o Coronavírus atingiu fortemente a nossa economia. O país está parado, mas engajado na tentativa de vencer esse vírus. Estamos trabalhando na área de saúde, seguindo todos os protocolos nacionais e internacionais, mas não podemos esquecer do social. É extremamente importante que cuidemos das pessoas, principalmente as mais vulneráveis. Essas cestas básicas são uma forma da Prefeitura dar a assistência aos que mais precisam”, afirmou a Prefeita Manoela Peres.

Com a aprovação da Lei pela Câmara de Vereadores de Saquarema na sessão da última quinta-feira, 26,, após a publicação em Diário Oficial, a Prefeitura iniciará os trâmites processuais para a compra das cestas básicas, que serão distribuídas nas escolas do município, de acordo com a comprovação de matrícula de cada aluno.