O Verão começou e, com ele, as temperaturas muito altas passarão a fazer parte do cotidiano da população. Por isso, alguns cuidados devem ser tomados para cuidar da saúde e do meio ambiente.

Para a temporada 2020/2021, de acordo com o Instituto Climatempo, o verão não deve ser tão chuvoso em Saquarema como foi o verão de 2020. A previsão é de que haja algumas pancadas de chuva regulares, dentro da média climatológica. A cidade poderá contar com várias horas com sol forte e temperaturas elevadas, mas sem grandes extremos.

Por conta das altas temperaturas, a Secretaria Municipal de Saúde de Saquarema dá dicas para serem tomadas no dia a dia. Sombra, hidratação, protetor solar e cuidados com a dengue não podem ser esquecidos.

Durante os dias mais quentes, é importante que a população se hidrate constantemente. O corpo perde bastante líquido com o suor e o risco de desidratação é maior. Por isso, o consumo de líquidos é essencial, aliado à uma boa alimentação rica em frutas, legumes e alimentos leves. Frituras, alimentos gordurosos e processados devem ser evitados.

A pele também deve ter um cuidado extra. Os protetores solares devem ser utilizados diariamente, até por quem tem a pele negra. No verão, o índice de raios UVB no país é maior e, por isso, o ideal é a exposição ao sol até às 10 da manhã e depois das 4 da tarde.

Outra dica da Secretaria Municipal de Saúde é em relação às horas de sono. Dormir em um ambiente fresco auxilia na recuperação do corpo, na qualidade do sono e dá mais disposição para o dia seguinte. O uso de roupas leves e o consumo de alimentos com pouca gordura durante a noite garantem um sono melhor.

Além dos cuidados com o corpo, a população deve se atentar para o quintal de casa. Com o verão e as altas temperaturas, há o aumento de chuvas e cria-se o clima ideal para a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela são algumas das doenças transmitidas pelo inseto.

Alguns cuidados fáceis são necessários para o combate a essas arboviroses humanas, como são conhecidas as doenças transmitidas pelo Aedes. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, em apenas 10 minutos de vistoria no quintal, o morador consegue combater o mosquito da dengue com as seguintes ações: pratos e vasos de plantas devem ter areia para não acumular água; piscinas devem ser mantidas limpas e fechadas, caso não sejam utilizadas; ralos devem ter telas; os lixos devem ser recolhidos e acondicionados em local coberto; cisternas e reservatórios devem ser mantidos fechados.

Para mais informações sobre o combate à dengue, o cidadão saquaremense pode entrar em contato com a Programa Municipal de Controle da Arbovirose de Saquarema, por meio do e-mail denguesaquarema@hotmail.com