Na segunda semana do Festival de Teatro de Saquarema, o Teatro Municipal Mário Lago receberá três espetáculos. Na sexta-feira, 13, à 20 horas será encenada a peça “Maria, João, Mas Tinha o Pedro Também”, da Cia Móvel de Teatro, de Niterói. O espetáculo conta a história de dois desconhecidos que reconstroem o que ambos vivenciaram com uma terceira pessoa que, apesar de ser a causa do conflito, já não está presente a não ser na memória. Na comparação entre as semelhanças e as incongruências de suas narrativas, fica a questão: o que está por trás do suposto acaso desse encontro? No elenco estão Daniel Leuback, Helena Hamam e Raphael Pompeu, com direção de Daniel Leuback e Helena Marques. Com 60 minutos de duração, a peça tem classificação etária livre.

Já no sábado, 14, às 20 horas, será a vez de “País Gambiarra”, do Grupo Teatro de Busto, de Botafogo, Rio de Janeiro. A peça, dirigida por Jefferson Santi e encenada por Dudu Gehlen, Gustavo Kaz, Kath Alvez, Leo de Moraes, Lucas Rodrigues e Rômulo Sá, fala sobre um grupo de entregadores que após perderem seus direitos e cansados de assistir bestializados a desgraça do País, discutem como mudar essa situação. Logo, então, duas questões são colocadas em xeque: É possível sobreviver de gambiarra? É possível sobreviver sem gambiarra? O espetáculo tem 75 minutos de duração e a classificação etária é 12 anos.

No domingo, dia 15, às 19 horas o fim de semana termina com a apresentação do espetáculo “De Mãe Pra Filho”, do Grupo UMMA, de Anchieta, no Rio de Janeiro. A Peça, com direção de Waldecyr Rosas e encenada por de Jackson Maia e Ton de Melo, conta a história de Dalva, uma nordestina, que guiada pelo sonho de conhecer o homem de sua vida, prometeu a Santo Antônio dar o nome do santo ao seu primeiro filho homem. Sem contar com o abandono do marido e da família, Dalva, com o filho nos braços, enfrenta o desafio de criá-lo sozinha na cidade grande. Enquanto Antônio só quer ser parecido com os meninos da vizinhança, contrariando todos os esforços e ensinamentos da mãe, ela segue com o desejo de encontrar um homem que a ame e ao seu filho. O espetáculo tem 60 minutos de duração e a classificação etária é livre.

Nas três as apresentações, os ingressos serão trocados na bilheteria do teatro por 1kg de alimento não perecível (preferencialmente feijão ou arroz). As senhas serão distribuídas durante a semana e a retirada dos ingressos será no dia do evento, até 30 minutos antes do espetáculo. O Teatro Municipal Mário Lago conta com 160 lugares e fica localizado na Avenida Cel. Madureira, 77 – térreo, no prédio da Prefeitura, no Centro de Saquarema.