A Prefeitura de Saquarema, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou as atividades em alusão à Semana do Aleitamento Materno. As ações estão sendo realizadas no Ambulatório Pediátrico Municipal, em Bacaxá.

Até a próxima sexta-feira, 05, diversas atividades serão realizadas, gratuitamente, para os pacientes e seus responsáveis que foram buscar atendimento no Ambulatório Pediátrico. Palestras, orientações e demais serviços serão oferecidos para mostrar a importância do aleitamento materno para a vida da mãe e do bebê recém nascido.

De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância, UNICEF, os bebês até os seis meses de idade devem ser alimentados somente com leite materno e não precisam de chás, sucos, outros leites, nem mesmo de água. Após essa idade, deverá ser dada alimentação complementar apropriada, mas a amamentação deve continuar até o segundo ano de vida da criança ou mais.

Amamentar os bebês imediatamente após o nascimento pode reduzir a mortalidade neonatal – aquela que acontece até o 28º dia de vida. Além disso, o aleitamento materno na primeira hora de vida é importante tanto para o bebê quanto para a mãe, pois, auxilia nas contrações uterinas, diminuindo o risco de hemorragia, e fortalece o vínculo afetivo entre mãe e filho.

“Bebês que são amamentados ficam menos doentes e são mais bem nutridos do que aqueles que ingerem qualquer outro tipo de alimento. Todos devem ter acesso às informações sobre os benefícios do aleitamento materno. E é isso que estamos fazendo aqui: mostrando para a população como é importante, saudável e natural o rito do aleitamento materno para o bebê e as mamães”, informou a subsecretária municipal de Saúde, Ana Paula Duarte.

O Ambulatório Pediátrico Municipal está localizado na Rua Adolfo Bravo, 38, Bacaxá (rua do Hospital Municipal). O atendimento é realizado de segunda-feira a sexta-feira, das 08 às 16hs. A unidade, que reúne diversos atendimentos e especialidades para a saúde infantil, oferece maior comodidade, estrutura e qualidade no atendimento para crianças e responsáveis.

Com capacidade para até 800 atendimentos semanais, o espaço oferece atendimentos de Pediatria, Neuropediatria, Terapia Ocupacional, Pneumologia, Gastroenterologia, Psiquiatria, Puericultura (área da saúde que se dedica ao estudo dos cuidados com o ser humano em desenvolvimento, mais especificamente com o acompanhamento do desenvolvimento infantil), Cardiopediatria e Fisioterapia Respiratória.