O Brasil está no topo do surfe mais uma vez!
Após chegar à etapa final em Pipeline, no Havaí, e conquistar a vitória ao derrotar o surfista Julian Wilson, Gabriel Medina tornou-se bicampeão de surfe. O título (que veio antecipado após Medina vencer o sul-africano Jordy Smith nas semifinais) colocou o surfista como o segundo brasileiro a vencer no arquipélago norte-americano.

Ao conquistar o bi, Medina se iguala a Tom Carroll (Austrália), Damien Hardman (Austrália) e John John Florence (Havaí) – todos bicampeões mundiais.

Melhor surfista do mundo em 2014, o paulista de Maresias foi campeão em 2014, quando o Brasil foi pela primeira vez dono do mundo. Em 2015, o título foi de Adriano de Souza, o Mineirinho, fazendo o Brasil bicampeão. Em 2016 e 2017, John John Florence, do Havaí, foi o campeão, mas sempre com um brasileiro na cola. Em 2016 e 2017 Gabriel Medina foi terceiro colocado e vice-campeão no ano passado.

Figura certa nas etapas brasileiras, Gabriel Medina conhece bem as poderosas ondas de Saquarema. Considerada o “Maracanã do Surfe”, a cidade recebe a etapa brasileira da World Surf League (WSL). Em 2019, pelo terceiro ano consecutivo, os maiores nomes do surfe mundial estarão nas praias de Itaúna e Barrinha, disputando as melhores e mais potentes ondas do Brasil.

Disputado pela terceira vez em Saquarema, o Oi Pro Rio promete lotar a cidade reunindo turistas de todo o Brasil e do exterior. “É muito gratificante sediarmos mais uma vez a etapa do mundial de surfe no município. Estamos muito felizes e empenhados em receber os atletas da elite do surfe. Temos certeza de que, assim como na edição do ano passado, será um sucesso”, vibra a prefeita de Saquarema, Manoela Peres.

De acordo com o calendário da WSL, a etapa brasileira da temporada 2019 será no mês de junho, entre os dias 20 e 28. A etapa será realizada após a prova de Margaret River, na Austrália. A Prefeitura de Saquarema é um dos apoiadores à realização da competição.