A Prefeitura de Saquarema, por meio da Secretaria Municipal de Transportes e Serviços Públicos, vem trabalhando para a adequação do Aterro Controlado Municipal, no bairro Rio d’Areia. A área recebeu diversas melhorias para o funcionamento de acordo com a legislação ambiental em vigor.

Em 2017, a atual gestão da Prefeitura de Saquarema encontrou o lixão com área completamente degradada, oferecendo riscos à saúde, ao ambiente e às pessoas que trabalhavam no local. Diversas infrações ambientais eram cometidas, colocando em risco o ecossistema local.

A Prefeitura de Saquarema licitou e contratou uma empresa especializada tanto para coletar e destinar o resíduo sólido do município, quanto para remediar o antigo lixão. Atualmente, o Aterro Controlado está licenciado pelo INEA, operando em sua normalidade e dentro da legislação ambiental em vigor. Para tanto o local passou a contar com:

  • Controle de Acesso;
  • Cercamento e delimitação da Área;
  • Balança Rodoviária;
  • Contenção para tratamento de Chorume;
  • Restabelecimento de curso de água;
  • Geometrização da massa de lixo em bermas e taludes;
  • Elaboração de novo projeto de engenharia para disposição de resíduos;
  • Entre outras melhorias na operação diária.

Um dos principais problemas do antigo lixão era o chorume, líquido proveniente da decomposição do lixo orgânico, que era despejado de forma irregular no solo. O chorume tem grande poder poluidor e seu processo de tratamento é muito importante para o meio ambiente. Caso não seja tratado, ele pode atingir lençóis freáticos, rios e córregos, levando a contaminação para estes recursos hídricos. Neste caso, os peixes podem ser contaminados e, caso a água seja usada na irrigação agrícola, a contaminação pode chegar aos alimentos. Em função da grande quantidade de matéria orgânica presente no chorume, este costuma atrair moscas que também podem trazer doenças aos seres humanos.

Atualmente, o chorume resultante do Aterro Controlado de Saquarema é contido e disposto em Poços de Acumulação, estruturas que não permitem o contato do líquido com o solo, evitando assim, a contaminação do lençol freático. Além disso, foi executada uma obra de criação de Barreira Hidráulica no entorno do Aterro, evitando que caia chorume para as áreas externas ao vazadouro.

Outro problema que foi encontrado no antigo lixão era a falta de um sistema de controle de entrada de resíduos, com balanças para pesagem dos caminhões que chegam ao local. Com as obras realizadas nos últimos meses, a Prefeitura solicitou a colocação de uma balança rodoviária que serve para controle e pesagem dos caminhões que entram no aterro. Todo o acesso ao local também recebeu obras de reforma e ampliação, garantindo maior segurança para os motoristas que trafegam no local, bem como para os trabalhadores.

Em 27 de Junho de 2017, A Prefeitura de Saquarema recebeu do INEA (Instituto Estadual do Ambiente) a Licença de Operação e Recuperação – LOR N° IN040216. Por ela, todas as condicionantes da licença, bem como as normas vigentes, são atendidas. Este documento licencia a operação concomitantemente à recuperação do Vazadouro Municipal, tendo como base o Projeto de Recuperação do Vazadouro Municipal de Saquarema que foi apresentado ao INEA. Todas as obras estão sendo realizadas conforme previsto em projeto.

Ao final de todas as obras, a área do Aterro Controlado de Saquarema, espaço degradado por vários anos, estará recuperada com um serviço de qualidade, cumprindo todas as normas em vigor.