A Prefeitura de Saquarema, por meio da Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública, divulgou o balanço das ocorrências e infrações registradas por agentes de vários órgãos da Prefeitura durante o feriadão de Carnaval. Diversas ações de fiscalização foram realizadas nos três distritos da cidade, visando a melhoria da mobilidade e a manutenção da ordem pública.

As ocorrências

A Guarda Civil Municipal contabilizou 4 ocorrências envolvendo a Lei Maria da Penha: uma prisão por violação de medida protetiva, atendimento a uma agressão sexual, apoio a uma suposta agressão devido a problemas psicológicos e atendimento a uma denúncia de cárcere privado com agressão a uma menor de idade. No período, no qual 195 multas de trânsito foram aplicadas, também foi realizada a apreensão de 6 carros e 3 motocicletas.

A Guarda Ambiental atendeu a 969 ocorrências referentes a veículos estacionados na areia de praias, 12 para o encerramento de churrascos realizados em área de preservação ambiental, 3 retiradas de barracas rústica e de camping instaladas em áreas de proteção, 12 para coibir pesca irregular na ponte, além de uma ação de auxílio a cidadão perdido.

O Grupamento Marítimo – Salvamar, por sua vez, prestou socorro a 83 casos de afogamento, sendo 51 homens e 32 mulheres, além de ter realizado 1.440 orientações para a prevenção de afogamentos e atendimento a 4 crianças perdidas.

Já a Fiscalização de Posturas emitiu 12 notificações, efetuou 02 interdições, retirou de locais públicos 16 ambulantes irregulares, realizou 13 apreensões e lavrou 09 autos de infração.

As ações do poder municipal contaram com a participação de 60 agentes da Guarda Civil, 08 da Guarda Ambiental, 65 do Salvamar, 10 da Defesa Civil, 15 da Fiscalização de Posturas, 35 do Proeis, além de 40 agentes de trânsito: “Nossas equipes de fiscalização continuam percorrendo toda a cidade, buscando manter a ordem e o cumprimento das leis. Se o cidadão flagrar qualquer ação que seja irregular, pode procurar um agente da Guarda Civil, PROEIS, Fiscalização de Posturas, Salvamar ou Agente de Trânsito para denunciar e solicitar apoio”, completou o secretário municipal de Segurança e Ordem Pública, Evanildo Andrade.